Pé nas nádegas

Há um ano tinha certeza que casaria, teria dois filhos e um cachorro. Mês passada o cuidado predominava, hoje, quer mais é que ele (a) se exploda. Há uma semana, postava fotos das alianças, convicta de que não havia nada melhor que a vida a dois. Hoje, está curtindo a vida adoidada, jurando de pés juntos que  pertencer ao grupo dos solteiros é a melhor coisa da galáxia.

Aaaaah, seres humanos e a suas mutações diante de um pé na bunda. Se você já foi largado, ou conhece alguém que foi largado, certamente se deparou com a situação citada no parágrafo acima. Lidar com a separação já é difícil, com as redes sócias então, ficou quase que impossível sair da fossa. A gente stalkeia mesmo. Uma mania idiota de autossabotagem – não consigo pensar em outra definição para o ato de fuçar a vida de um ex. Por que raios fazer algo que vai dilacerar seu coraçãozinho? Será que Freud explica? Não sei. Só sei que pior que isso é forçar a barra, fingir uma felicidade inexistente. Ou você acha que todo mundo acredita nessa foto que você postou na balada sorridente e serelepe? Você nem gosta de balada.

Já estamos no século XXI, viu? Já podemos assumir a sofrência, O Pablo do arrocha está aí para confirmar. Indireta, fotos no instagram segurando copo com vodka na buatchy e com legendas “ Tá combinado, o bicho vai pegar, vem com tudo pancadão” não ajudam a superar o fim, só faz de você o “ Kiko sentimental”, o egocêntrico que quer a todo custo, estar  por cima, a pessoa que compra a bola maior sem necessidade só para ofuscar a bolinha de gude do Chaves.

Ô gente, pé na bunda dói, mas não mata. A fossa dura no máximo três meses. Vamos assumir o choro, o olho inchado no dia seguinte, o estado emocional de bosta. Isso faz parte do processo evolutivo, tenho certeza que depois de passar por isso você estará apto a conviver em sociedade novamente, correndo assim, o risco de conhecer mais um amor da sua vida ou ficar sozinho, curtindo a sua companhia e descobrindo habilidades que antes desconhecia. A solidão tem seu lado bom, vai que  numa noite dessas você descubra o quão bom é com as palavras, aposto até que vai criar um  blog.

Um beijo e boa fossa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s