Arquivando amores da forma mais hilária possível  

Sou a pessoa mais desorganizada desse mundo. Outro dia, encontrei um par de sapatos na gaveta das calcinhas. Como ele foi parar lá? Não sei! Hoje decidi mudar. Acordei virginiana, com espirito de organização em alta. Decidi começar pelos amores e vou organizá-los por grupo.

Grupo 1 – Nunca te peguei mas, sempre te amei

Aqui estão todos os amores platônicos / improváveis. É mais fácil um sapo dar cambalhota para traz rodopiar e aterrissar dizendo “não estou disposta, miga” do que, de fato me envolver com a galera desse grupo.

Grupo 2 – Você não vale nada, mas eu gosto de você

Aaaaah! Os amores canalhas… aqui ficarão todos os rolinhos que citam Caio Fernando no primeiro encontro, mas não ligaram no dia seguinte. Aqui jaz, o pseudo romântico viciado em conquistas.

Grupo 3 – A gente podia casar, mas não passamos do terceiro encontro

Bom, a lei da conquista diz que: se você passar do terceiro encontro há grandes chances de dar samba. O terceiro encontro é decisivo, pois o gelo já foi quebrado no primeiro. As afinidades já foram se encachando no segundo. Então, deixo aqui todos os acasos que se perderam entre o primeiro e o segundo encontro.

Grupo 4 – Pedi uma gelada ao garçom, ele me trouxe um amor de boteco

Aaaah! A boêmia… Deixo aqui todos os rolos que se foram com a ressaca. Obrigada pelos drinks e pelos beijos.

Grupo 5 –  Peço desculpa pelo vacilo

Dedico esse grupo à todos os casos da minha fase errada. Da minha fase impulsiva – aquela que eu queria curar a dor da ausência com qualquer um que cruzasse meu caminho. P

Grupo 6 – É sempre amor mesmo que mude

Esse grupo é o mais fofo e solitário. Esse, é destinado a uma única pessoa. A pessoa que me revirou do avesso. É, me ensinou a amar da forma mais pura e singular possível. Me moldou e me transformou no ser humano mais altruísta desse planeta. Mudamos, não nos falamos mais, não há mais aniversário de namoro. Mas será sempre amor. Amor de gratidão a quem me ensinou a premissa básica do relacionamento: Querer, cuidar e amar!

Ok! Amores arquivados com sucesso. Agora vou tentar arrumar a gaveta das calcinhas e meias.

Um beijo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s