Você deveria ter sido o herói

Você deveria ter segurado o banco da bicicleta enquanto eu ensaiava minhas primeiras pedaladas. Você tinha que ter invadido meu quarto com pose de herói  quando acordei aos berros, depois do pior pesadelo da minha vida. Quando o primeiro idiota quebrou meu coração, esperei você chegar e dizer que arrebentaria a cara daquele moleque sem noção.

Você não dançou a valsa dos quinze comigo. Não vibrou quando passei no vestibular, nem se emocionou com a minha colação de grau. Você não estava comigo quando no quarto, aos prantos eu chorei a morte do Vô.

Você foi um merda! O pior dos seres. Mas mesmo assim, mesmo com todos os vacilos que você deu, não consigo te odiar. Sou incapaz de desejar seu mal. Sabe por quê? Porque você está em cada célula do meu corpo. Está na minha dificuldade em expressar o que sinto. No meu orgulho exagerado, na minha falta de jeito em olhar nos olhos alheios. Você está na minha vontade de álcool sempre que estou triste. De tanto te ver caido na sala de casa eu aprendi a beber e bebo sempre. Bebo para superar sua ausência e de todas as outras pessoas que eu amei um dia. Não da para fugir, a cara é da minha mãe, mas todo o resto eu herdei de você.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s