Isso não é sobre você

Esse texto não é sobre seus pés gelados nem sobre sua mania de roubar o edredom no meio da noite. Aqui, não descreverei a cor dos seus olhos, nem o modo como eles se fecham levemente quando sorri.
Nessas linhas, você não encontrará nada relacionado ao seu cheiro cítrico, ao seu abraço gostoso nem a sua série preferida.
Não confessarei que piro naquele sanduba gorduroso que você faz quando acorda, nem que nunca provei vinho mais saboroso que aquele de São Roque – você queria comprar dez garrafas, lembra?
Nem adianta procurar, esse texto não é sobre você, amor.
Seu sorriso bobo, seu rosto frágil dormindo, seu senso de humor, seu café forte e seu cafuné destruidor não serão citados aqui.
Esse texto não é sobre você, meu bem.
São linhas que transbordam lembranças.
São linhas que gritam saudade.
Mas elas não são sobre você.
Veja só, o tempo passou.
O tic-tac enterrou o seu antigo ” EU”. Esse texto não é sobre você.
Esse texto é sobre quem você era.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s