Afinal, o que realmente broxa?

Entre os mais lidos de 2015

Disseram no bar

Ligações inoportunas, meia na canela, choro de neném? Esqueça! O que acaba com o tesão é a grosseria. A resposta ríspida dita em momento de impulsividade, broxa mais que balde gelado em momentos íntimos. Todo mundo tem o direito de perder o controle vez ou outra. A explosão não é o problema, o que preocupa mesmo, são os estilhaços – eles podem atingir alguém e causar feridas irreversíveis. A cicatriz não some com um pedido singelo de desculpa. Ela fica lá, torturando o agredido.

No segundo lugar do ranking das broxadas vem a falta de humildade. Relacionamento é uma via de mão dupla. Quando você se sente mais, automaticamente menospreza o outro. Isso é feio. Não dá samba. Nem bolero. Nem bossa nova. A única coisa que sai disso é aborrecimento.

A minha visão de menininha de vinte e poucos anos que não entende nada da vida me faz acreditar que…

Ver o post original 213 mais palavras

Anúncios

3 comentários sobre “Afinal, o que realmente broxa?

  1. Também acredito que todos podem perder o controle, mas não o respeito. E.. Por mais que seja o momento de raiva, geralmente é ai onde se fala verdades, pelo menos aquelas que você acredita serem verdades.

    Mas certos tipos de ligações também conseguem foder com tudo ¬¬’
    Poderia ser a terceira talvez? haha ~~

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s