Esqueça o pretérito imperfeito 

Brigue pelo último pedaço de pizza. Dispute a posse do controle remoto. Inicie uma discussão fervorosa enumerando os impactos negativos, que uma toalha molhada em cima da cama, pode trazer para o seu lar. Fio de cabelo esquecido na pia do banheiro, também é um ótimo motivo para começar uma briguinha. Agora, se você estiver vasculhando o passado do seu parça, com intuito de começar uma treta, pare imediatamente!
Não há nesse mundão sem porteiras, um único ser isento de causos amorosos.

Tenha consciência de que o amor da sua vida, já dormiu agarradinho com outro alguém enquanto sussurrava palavras doces em seu ouvido. Já dividiu pizza, cerveja, sonhos, a conta, os medos e até a última paçoca da caixa – mas antes que o mosquito do ciúmes comece a zumbir no seu ouvido, perceba, todos os verbos citados anteriormente, estão no passado. PASSADO!!!

Não perca tempo vasculhando o histórico amoroso do seu Mozão. Preocupe-se com o presente e ensaie um futuro para os dois. Desenhe uma casa modesta com um jardim bonito e dois pirralhinhos correndo descontrolados pelo quintal.

Não desgaste seu relacionamento com coisas boba.

Dê aos amores doutrora, a mesma importância que o moinho dá para as águas passadas – nenhuma!

Anúncios

2 comentários sobre “Esqueça o pretérito imperfeito 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s